BOQUEIRÃO - PARAÍBA



Boqueirão é um município brasileiro localizado na Região Metropolitana de Campina Grande, estado da Paraíba. Sua população em 2011 foi estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 16.966 habitantes, distribuídos em 424 km² de área. Boqueirão é conhecida como "Cidade das Águas", por possuir o segundo maior açude do estado da Paraíba, mas durante o mês de realização da FLIBO transforma-se na "Cidade das Rimas e Letras" para receber dezenas de escritores vindos de várias partes do país, além é claro dos apaixonados por Literatura.

Conheça um pouco mais da cidade que está transformando a sua realidade através da literatura.

Boqueirão também é famosa pela sua produção de tapetes e redes de dormir, com dezenas de fabricos espalhados por toda a cidade, tendo a comunidade do Taboado como maior produtora de artesanato, reconhecida nacionalmente.
Quem visita Boqueirão é atraído pelas suas belezas naturais contornadas pela geografia própria do cariri paraibano, além é claro, de contemplar a vista esplendorosa do Açude Epitácio Pessoa construído na década de 50 e inaugurado pelo então Presidente Juscelino Kubitschek.
A beleza de suas águas profundas e o pôr-do-sol irradiante enche os olhos e acalenta a alma daqueles quem o vem visitar. Suas histórias, suas lendas e seus mitos povoam o imaginário da população local, através das histórias de pescadores que perduram até hoje.
Visando amenizar os efeitos da seca, o Açude Epitácio Pessoa, foi estrategicamente construído para abastecer a cidade de Campina Grande; ao término da sua construção, como forma de agradecimento, os pescadores colocaram uma imagem de Nossa Senhora de Fátima em cima de uma pedra localizada no Baldo do Açude (hoje conhecida como "A Pedra da Santa"). Desde então, em todos os anos é realizada a Procissão dos Pescadores no dia de São Pedro (29 de julho), em reverência àqueles que ajudaram a dar vida a tantas vidas castigadas pela seca e em ação de graças, por Deus ter mandado chuva para abastecer o manancial em sua total capacidade naquele mesmo ano.
Essas e tantas outras histórias ecoam nos quatro cantos da cidade, nas calçadas, na vila de pescadores, nas rodas de conversas entre os mais idosos que presenciaram o verdadeiro canteiro de obras que se tornou a cidade de Boqueirão na década de 50.
Atualmente, a Pedra da Santa é um dos pontos mais visitados da cidade, recebendo muitos fiéis que vão até ela agradecer pelas bênçãos alcançadas.
Recentemente, a cidade ganhou a Praça das Águas, ou "praça do peixe", que faz parte de um complexo turístico e cultural da região, o Memorial das Águas, em fase de construção.

Postagens mais visitadas deste blog

PROGRAMAÇÃO OFICIAL | PRAÇA DA ABES

Programação das Oficinas e Minicursos

Mesa de Abertura da Flibo traz debate sobre a obra de Chico Buarque, homenageado desta edição, com os escritores Rinaldo de Fernandes e Letícia Palmeira